Instituto Ivoti - Logo

Voltar

Notícias

Instituto Ivoti respira teatro durante a 40ª ATESE

14/09/2018

Ivoti - Iniciou na quarta-feira, 12, a 40ª Amostra de Teatro da Rede Sinodal de Educação (ATESE). São três dias de muita arte preparada, ensaiada e apresentada por alunos dos grupos de teatro das escolas. O evento ocorre simultaneamente em outras três instituições,  IENH - Unidade Fundação Evangélica, em Novo Hamburgo e em Rio do Sul, no Colégio Sinodal Ruy Barbosa.

No Instituto Ivoti o momento de abertura foi especial. Além de uma bela apresentação da Orquestra Sinfônica Jovens, da Associação Pró-Cultura e Arte (ASCARTE), estiveram presentes o ex-aluno e, na época da primeira ATESE, presidente do Grêmio Estudantil, Elimar Rex, e o professor conselheiro do Grêmio, Belmiro Meine. Ambos trouxeram o relato de como foi realizar uma ATESE em 1978. Uma iniciativa que depois foi assumida pela direção das escolas e seguiu acontecendo.

O diretor geral Everton Augustin, deu as boas-vindas às escolas presentes no evento e agradeceu a toda equipe envolvida na organização. O Diretor Executivo da Rede Sinodal, Ruben Werner Goldmeyer, também fez uso da palavra e reforçou a importância desse tipo de evento. “Lembro que o Instituto Ivoti, além de ter sido a primeira sede da ATESE, hoje recebe esse evento pela quinta vez”, destacou.

Dando sequência a abertura da 40ª ATESE, o Instituto Ivoti apresentou a peça Romeu e Julieta, com direção da professora Leandra Wecker e direção musical de Monia Kothe. A autoria da peça é do professor Edmar Galiza no espetáculo a história de Shakespeare é apresentada com uma pitada de música brasileira, trazendo em seu cerne o ódio entre as famílias de Montecchio e Capuleto.

Na parte da tarde, a peça apresentada foi do Colégio Sinodal Progresso, O Auto da Compadecida. A direção é do professor Júlio César Schuster e a peça de autoria de Ariano Suassuna. A história retrata a vida de dois nordestinos, João Grilo e Chicó, que planejam inúmeras formas de conseguir dinheiro, até encerrar com a morte de João Grilo e outros personagens que se encontram no Juízo Final.

Na programação de quinta-feira se apresentaram as escolas Centro Sinodal de Ensino Médio Dorothea Schäfke, com a peça O Latido dos Geraldinhos, Colégio Sinodal da Paz, com a peça O Tartufo, Colégio Sinodal Tramandaí, com a peça Sem Medo de ser Feliz, na parte da manhã. De tarde foram os espetáculos Os ratinhos de Ariadne (Colégio Sinodal do Salvador), A maldição do Vale Negro (Centro de Ensino Médio Pastor Dohms) e Retratos para não esquecer (Colégio Evangélico Divino Mestre). As atividades do dia encerraram com uma festa anos 70.

Na manhã de sexta-feira, 14, ainda teve uma última apresentação, Dormidão no Super, do Centro Sinodal de Ensino Médio Sapiranga e o encerramento da ATESE.

Veja AQUI a galeria de fotos

Faltam 134 dias