Instituto Ivoti - Logo

Voltar

Graduação

História

Autorizado pela Portaria SERES Nº 338, de 29 de maio de 2014.

Carga Horária: 3000 horas
Integralização: duração mínima 08 semestres e máxima 16 semestres
Coordenação do Curso: Prof. Me. Thiago Moreira Safadi
Contato com a coordenação: thiago.safadi@institutoivoti.com.br

Objetivo

O curso de História, Licenciatura, destina-se à formação de professores de história para a atuação como docentes na educação básica e em outros contextos em que se desenvolvem atividades correlatas a esta área de conhecimento. Proporcionar pleno domínio sobre a história e também didático, visão interdisciplinar, capacidade interpessoal, co-nhecimento intercultural, capacidade de análise crítica das fontes históricas e de suas metodologias, reflexão sobre a atuação ética, embasada no princípio de comprometimento com a formação humanística e capacidade de investigação da realidade educacional e sócio-cultural.

Capacitar docentes para atuarem na sociedade, como sujeitos que interpretam e descrevem a história com criticidade e responsabilidade, criatividade e comprometimento com a sua história, da comunidade e da sua nação e nela intervêm de forma justa, olhando para as pessoas ao seu redor, interagindo constantemente com elas e que instiguem e inspirem alunos de diferentes faixas etárias a pensarem, como verda-deiros cidadãos, a história de sua região, de seu país e do mundo. Promover a qualificação de profissionais para a ação educativa, também em espaços não-formais de ensino, que assim possam atuar em museus, casas de cultura e instituições de pesquisa, desenvolvendo diferentes atividades concernentes ao ofício do historiador, bem como ações pedagógicas junto a alunos de escolas que frequentam esses espaços de pesquisa e difusão do conhecimento histórico.

Perfil do Egresso

O egresso do Curso de História, Licenciatura, estará apto a desenvolver a profissão de professor de História em todas as suas dimensões, o que pressupõe domínio da natureza do conhecimento histórico e das práticas essenciais de sua produção e difusão. Além disso, deverá:

  • Trabalhar em condições de suprir demandas sociais específicas relativas ao seu campo de conhecimento, como o ensino, a preservação do patrimônio, ou ainda, em assessorias a entidades públicas e privadas nos setores culturais, artísticos, turísticos, etc;
  • Fortalecer o desenvolvimento e as aprendizagens de crianças e jovens do Ensino Fundamental e do Ensino Médio, assim como daqueles que não tiveram oportunidade de escolarização na idade própria, respeitando as suas manifestações e necessidades físicas, cognitivas, emocionais, afetivas nas suas relações individuais e coletivas;
  • Ter domínio da História, em suas diferentes dimensões, tendo condições de analisar e interpretar os períodos e espaços em que os processos históricos se desencadearam;
  • Utilizar as teorias e metodologias da História, sabendo identificar as diferentes correntes que norteiam a produção historiográfica e suas utilizações no ofício do professor de História;
  • Saber realizar pesquisas sobre a realidade sociocultural na qual os estudantes estejam inseridos, sobre os processos de ensinar e de aprender, considerando a historicidade dos elementos envolvidos na dinâmica que constitui o passado das sociedades humanas;
  • Desenvolver seu trabalho, mantendo o compromisso ético com o conhecimento científico e com os princípios humanísticos;
  • Identificar problemas socioculturais, ambientais e educacionais com postura investigativa, integrativa e propositiva em face de realidades complexas, com vistas a contribuir para superação de exclusões sociais, étnico-raciais, econômicas, culturais, religiosas, políticas e outras;
  • Estabelecer diálogo entre a área educacional e as demais áreas do conhecimento, salientando o trabalho interdisciplinar;
  • Assumir e saber trabalhar com a diversidade existente entre os alunos, conhecendo e assim respeitando as diferenças de natureza étnica, ambiental-ecológica, de gênero, faixa geracional, classe social, religião, necessidade especial, escolha sexual, entre outras;
  • Investir na busca pelo conhecimento da história e da cultura africana, afrobrasileira e indígena e da sua consequente valorização.

Formação complementar/Núcleo de estudos integradores

A integralização do Currículo se dá através da realização de Atividades Complementares, de acordo com a Resolução do ISEI nº 1/2004, de 08/3/2004 e Resolução ISEI 11/2016, de 20/10/2016, que estabelece critérios e procedimentos para a convalidação das atividades do Núcleo de Estudos Integradores dos cursos de licenciatura do ISEI, para acadêmicos que ingressaram a partir de 2017.

Faltam 77 dias